Asilo e Apae de Andradas receberam projeto de estudantes do Instituto Educação Alfa

Andradas

Ensino Fundamental realizou eventos para integração com a comunidade local

Os estudantes do Instituto de Educação Alfa, de Andradas, em Minas Gerais, estão transformando a relação com sua comunidade local por meio de um projeto de ação solidária. As turmas do Ensino Fundamental escolheram instituições para desenvolver trabalhos durante o ano inteiro e agora finalizam as atividades com a Apae e o asilo municipal.

O projeto foi criado pela professora Maria Antonieta Pianta, a Nina, que utiliza o programa “O Líder em Mim” para envolver os alunos no trabalho em equipe. O exercício, ao mesmo tempo, também estimula a alteridade. “Comecei a utilizar o OLEM para mostrar a eles uma realidade até então nunca vivenciada – e não por culpa deles. Se a gente não tem acesso a informações, criamos pré-conceito e receio sobre certas questões”, conta Nina.

O sétimo ano se dedicou ao hospital municipal, o oitavo visitou a Apae enquanto o nono ano fez projetos com o asilo. Nas três instituições, os estudantes se empenharam desde a arrecadação de dinheiro até a realização de eventos para a integração dos grupos. Com a Apae, o oitavo ano fez uma festa junina. Já no Asilo, o nono ano realizou jogos e oficinas com os mais velhos.

“Eu coordeno mas coloco a maior parte das atividades na mão dos alunos. Eles decidem quem ajudar, arrecadam o dinheiro, compram o necessário. Eu fico por trás orientando, pois é extremamente necessário dar autonomia aos estudantes em situações como essas”, ressalta a professora.

Segundo Nina, é importante mostrar para o aluno que ele faz parte da comunidade. “Não adianta ele só sentar na cadeira, responder as questões e ir bem na prova. É preciso trabalhar com a diversidade. Eles se comovem e se sentem úteis na sociedade”, finaliza.

Se você é aluno, professor, gestor ou faz parte de alguma escola da rede Anglo, venha nos contar o que você faz para inspirar as pessoas ao seu redor. Envie sua história para nós!

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *