Como retomar as aulas na Educação Infantil após um mês de férias?

Readaptação é tão importante quanto a do início do ano letivo; especialista dá dicas de atividades para a reintegração das crianças no cotidiano escolar

Na Educação Infantil, o retorno às aulas, após as férias de julho, precisa ser planejado pelos professores com cuidado, da mesma forma como é feito no início do ano para receber as crianças na escola. “É sempre um novo desafio essa readaptação, pois algumas crianças costumam sentir muito a separação da família, com quem estiveram no período de férias, além da mudança da rotina que eventualmente acontece, devido a viagens, passeios e maior contato com amigos e parentes”, diz Rosane Faria, assessora pedagógica do Sistema Anglo.

Segundo ela, a volta para o ambiente escolar pode causar certo desassossego em algumas crianças. Nos primeiros dias, é comum que algumas chorem ou demonstrem irritação, cansaço e impaciência, o que pode interferir no andamento das atividades propostas. Por isso, é importante que a professora planeje algo mais leves e prazeroso para a primeira semana, principalmente para o primeiro dia, para que a readaptação ocorra naturalmente, sem gerar estresse.

“Caso aconteçam choros ou birras, a professora deve manter a tranquilidade, mudar o foco do que provocou a crise e propor nova atividade. Quando a criança se sente segura no ambiente, rapidamente ela se adapta novamente, daí a importância do acolhimento assim que ela chega na escola”, afirma a assessora.

Rosane elenca algumas práticas para tentar deixar esse momento do retorno o mais agradável possível para as crianças:

Acolhida

Uma música ambiente enquanto os pais vão chegando e deixando as crianças na escola, por exemplo, pode acalmar alguns que estejam mais ansiosos ou preocupados com as novidades.

Roda de conversa

A professora pode propor atividades mais focadas no coletivo, como sentar com as crianças em círculos no chão da sala de aula ou do pátio da escola para dar as boas-vindas, apresentar coleguinhas novos, se houver, e perguntar o que fizeram de diferente nas férias. As crianças gostam muito de falar sobre isso e, muitas vezes, se identificam com o discurso do colega. A professora precisa direcionar para que todos possam falar e contar suas aventuras.

Desenho e massinha

Outra atividade pode ser o desenho do que contaram com tinta, pincel ou lápis de cor. Ou até a confecção de massinha e modelagem para representar o que fizeram nas férias. Esse também é um exercício que prende a atenção das crianças, e elas gostam muito.

Parque e areia

Se houver parque ou areia na escola, é interessante deixar que brinquem por um determinado tempo nesses ambientes para relembrarem de todos os espaços da escola e fazer o reconhecimento do local.

Algo para levar para casa

Para finalizar, a criança pode levar para casa, para mostrar aos pais, algo que fez nesse dia. Assim, ao ser recepcionada pelos pais, ela terá algo para mostrar relacionado a um momento prazeroso vivido na escola. Pode ser o desenho proposto ou a massinha que fez. Os pais sempre elogiam e inicia-se uma conversa, com perguntas sobre o que ela fez, e esse momento se prolonga no caminho até a casa e mesmo depois. Isso é um estímulo para a criança retornar no dia seguinte e fazer outras coisas que proporcionarão prazer e aprendizado.

One comment

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *